Gandalf the Wizard
   STAR WARS - EPISÓDIO III - A VINGANÇA DOS SITH

     

 

Desculpe Marfil brother não resisti ao lado negro da força e postei o primeiro poster oficial do Episódio III onde vemos o elmo do Darth Vader e o rosto do Anakin ao fundo. E também uma imagem de como será o General Grevious o Sith Lord andróide com partes humanas ou humano com partes dróides ou talves nada disso, boatos mil no mar virtual a parte o General Grevious foi visto na mine série animada Clone Wars exibida pelo Cartoon, e mostra um ser maligno com um estilo de luta nada ortodóxo, e está sendo considerado por muitos como um dos maiores matadores de Jedis de toda a Saga, pois como visto na série animada tem uma determinada hora que ele perde um dos seus Lightsabers (Sabres de Luz), isso não foi problema pois pendurado em seu sinto estavam muitos outros Lightsabers de outros Jedis mortos por ele como sendo troféus.

Que a força esteja com vocês!



Escrito por Gandalf the Wizard às 10h52
[] [envie esta mensagem]


 
   The Four Seasons

Vivaldi / Corelli / Albinoni – The Four Seasons

Movieplay – CCT 640, 1990

 

Cd da vez desta Quinta é um clássico que dispensa apresentações!

Mas este Cd eu ganhei a tempos de um grande amigo no Natal de 1993, e fez parte muito importante da formação do meu gosto musical e realmente tenho certeza que me tornou um pouco mais inteligente, muito obrigado grande amigo!

Danielle sei que você gosta muito das Quatros Estações então espero que curta também!

Fala sério vou até reproduzir aqui a dedicatória que veio junto com o CD!

"Ao Rogerio"

"Essa é a música da Velha Era!

Um tempo sem televisão e automóveis.

Que sirva para você gostar e tornar-se fã habitual.

É ZEN!"

PS: Atenção às faixas – 12, 14 e 21.

PS1: O Ministério da Saúde Adverte: Ouvir este tipo de música pode tornálo mais inteligente!

PS2: Evoluir é uma obrigação. (fim da dedicatória)

Isso a 11 anos atras nossa eu era um moleque ranheta de apenas 18 anos, cheio de preconceitos, musicais enfim estava apenas engatinhando para um mundo cheio de cultura, tenho plena consciência que preciso evoluir muito, mas cresci bastante me orgulho de ter tido e de ter ainda bons amigos para que esta jornada de crescimento seja menos dura.

Um sincero obrigado a todos os meus amigos!



Escrito por Gandalf the Wizard às 10h15
[] [envie esta mensagem]


 
   O HEREGE - VOL. III - A BUSCA DO GRAAL

O HEREGE – VOL. III – A BUSCA DO GRAAL

Bernard Cornwell

Editora Record, 2004-10-26 

Bom como o livro do Artemis Fowl durou apenas três dias fui logo atras de outro, mas fiquei quatro dias sem ler nada um desperdício! Rssss

Então o grande Gabriel (meu livreiro oficial) conseguiu-me o terceiro volume da trilogia A BUSCA DO GRAAL – terceiro volume este Intitulado O HEREGE.

Então para quem gostar da sinopse abaixo aí segue a ordem da trilogia!

O ARQUEIRO – VOL. I

O ANDARILHO – VOL. II

O HEREGE - VOL. III

Escrito por Bernard Cornwell mesmo escritor da trilogia AS CRÔNICAS DE ARTHUR.

Sinopse 

O Santo Graal até hoje inspira muitas obras-primas da literatura. Tornou-se o mais mítico dos objetos, imortalizado no imaginário de todo o mundo ocidental. Sua lenda é normalmente ligada as histórias de Arthur e seus cavaleiros, mas, dessa vez Bernard Cornwell transporta a saga de sua busca para o século XIV, em plena Guerra dos Cem Anos entre Inglaterra e França.

O Herege é o terceiro volume desta trilogia, iniciada com o empolgante romance O Arqueiro. Thomas de Hookton, o valente arqueiro inglês, viaja à frente de alguns homens até o interior da França. Lá, toma uma fortificação inimiga, que usa como base para suas expedições a Astarac, terra de seus ancestrais, a Família Vexille, que teria sido guardiã do Graal. Pretende, com essa arriscada expedição, atrair a atenção de seu primo e inimigo, Guy Vexille, Conhecido como o Arlequim e que também busca o Cálice Sagrado.

Mas jogos políticos e uma bela jovem acusada de feitiçaria podem atrapalhar os planos de Thomas, e fazer com que a maior relíquia da Cristandade caia nas mãos de homens inescrupulosos que ambicionam apenas o poder e a fortuna que um objeto tão venerável lhe proporcionaria.

Entre Arqueiros, Mercenários, Reis, Monges, Nobres e lindas mulheres, Thomas leva os leitores ao desfecho de uma aventura inesquecível pelo século XIV. Um livro apaixonante sobre um dos períodos mais conturbados da história Inglesa. Cornwell confirma com O Herege a reputação de grande escritor conquistada com sua releitura das aventuras de Arthur e seus Cavaleiros.



Escrito por Gandalf the Wizard às 15h03
[] [envie esta mensagem]


 
   Van Helsing - O Caçador de Monstros

VAN HELSING, EUA, 2004

Diretor e Roteirista: Stephen Sommers

Gabriel Van Helsing (Hugh Jackman) logo de cara sai na pancadaria com o Mr, Hyde nos telhados de Paris com a torre Eiffel em construção ao fundo, bonita imagem, os dois ainda na pancadaria quebram um vitral de mais de 600 anos de idade (acho que era essa a idade do vitral! Rsss), logo após a uma seqüência de ação o infeliz do Mr. Hyde cai do telhado e se espatifa já transformando em Dr. Jekyll onde os cidadãos de Paris chamam Van Helsing de Assassino alcunha que o persegue ao longo de sua jornada contra as criaturas do mal, maléficas, míticas e o que mais aparecer! Rsss

Ele trabalha para uma certa Ordem secreta do Vaticano que o Vaticano cisma que não existe, enfim ele é o Caçador de Monstros oficial da Ordem e é muito bom no que faz!

Em uma cena digna dos filme do 007, no centro da Ordem recebe de um Monge ou melhor Frade ainda, as suas armas e acessórios, parecendo o James Bond e o Q! rsss


Certo o nosso herói recebe uma nova missão para ir a procura do queridinho da transilvânia o Conde Drácula (Richard Roxburgh), que está lá matando um monte de gente como todo mundo já sabe pois essa parte da história a gente sabe mais ou menos, só que tem uma princesa Anna Valerius (Kate Beckinsale) que é uma das ultimas descendentes de uma família que foi exterminada pelo Conde Empalador e juntamente com Helsing tentam exterminar o inimigo.

Nesta aventura na Romênia Van Helsing irá desenterrar todo o seu sombrio passado!

Enfim um filme bacana, cheio de ação, aventura, criaturas míticas, voltas e reviravoltas o diretor da série A Múmia cria uma atmosfera sombria e conduz o filme numa boa, mesmo não agradando a Gregos e Troianos, eu particularmente gostei, pois não estava esperando muita coisa sendo que estava já sabendo que teriam muitos monstros famosos em um filme só, mas fui surpreendido com o andamento da trama, gostei do filme, gostei dos extras também.

Ótima diversão com pipoca e guaraná!

Abraços

 

 



Escrito por Gandalf the Wizard às 14h02
[] [envie esta mensagem]


 
   RUSH - SIGNALS

Chicão o cd básico da Quinta do Caos do Gandalf the Wizard de hoje é em sua homenagem, por aquela epopéia que a gente passou junto no fatídico Sábado em que fomos buscar o seu carro na concessionária, claro que nós parecíamos dois Argonautas a procura do Posto de Gasolina perdido, mas deu tudo certo no final!

Você me emprestou o cd que claro foi feito um cópia para os arquivos fonográficos do Gandalf, mas eu descobri que tenho ele em vinil lá na casa da mama, to precisando mesmo comprar umas agulhas novas para as minhas pick-ups! Rsss

Abração brother! 

Rush – Signals – 1982

FORMAÇÃO:
Geddy Lee (Baixo e Vocais)
Alex Lifeson (Guitarra)
Neil Peart (Bateria)

O álbum foi produzido pelo Rush e por Terry Brown, gravado e mixado no Le Studio, Morin – Heights, em Quebec, Canadá, entre abril e junho de 1982. O engenheiro de som foi Paul Northfield, que mais tarde se tornaria produtor da banda. Masterizado por Bob Ludwig e Brian Lee, no Gateway Mastering Studios, Portland, Maine (EUA), é claro que a qualidade da produção é "ISO 9002". 

  1. Subdivisions Listen
  2. 2. The Analog Kid Listen
  3. 3. Chemistry Listen
  4. 4. Digital Man Listen
  5. 5. The Weapon Listen
  6. 6. New World Man Listen
  7. 7. Losing It Listen
  8. 8. Countdown Listen



Escrito por Gandalf the Wizard às 10h14
[] [envie esta mensagem]


 
   Luís Fernando Veríssimo

Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase.
É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.
Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou.
Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono.
Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto. A resposta eu sei de cor, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados. Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz.
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai.
Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza.
O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.
Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.
Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo.
De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.
Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

                                                                               Luís Fernando Veríssimo


 



Escrito por Gandalf the Wizard às 14h18
[] [envie esta mensagem]


 
   ARTEMIS FOWL

Bom como sou viciado em livros mesmo e com o termino da leitura do Angus peguei este livro infanto juvenil, que nada é de 0 a 80 anos o cara escrever pra caramba e não deve ficar sendo comparado a mãe do Harry Potter só por que ele em suas aventuras usa digamos fadas, gnomos, anões e outras coisas mais!

Em seu terceiro livro da trilogia Artemis Fowl, o escritor e professor Irlandês foi indicado a vários prêmios de literatura na Inglaterra como o British Book Awards e o WH Smith.

A leitura é muito agradável e como flui comecei hoje e já se foram 180 páginas das suas 350 páginas!

Segue então um apanhado básico dos três livros quem leu Senhor dos Anéis e Harry Potter vai encontrar nesta trilogia um assunto fantástico, leve, bem humorado. Indico ótima leitura sem compromisso para descontração e riso, ótima para Trens, Ônibus, Transito, Aviões, Filas de Banco, Fila na Lotérica e onde mais possa se ler! Rsssssssss

 

ARTEMIS FOWL – O Menino Prodígio do Crime – Livro - I É a história de um garoto diferente. Um anti herói mal-humorado e pessimista que, com apenas 12 anos, é um gênio do crime.Misturando ação, Internet e magia, vem conquistando uma legião de leitores em todo mundo.

 

ARTEMIS FOWL – Uma Aventura no Ártico – Livro – II - Neste livro Artemis está ainda mais rico, por conta do ouro que roubou do povo das fadas, mas uma coisa ainda preocupa o astuto criminoso mirim - o desaparecimento de seu pai, o Sr. Fowl, feito prisioneiro pela máfia russa por dois anos e oficialmente dado como morto. Mas o coração de Artemis Jr. se nega a acreditar no fim trágico do pai.

ARTEMIS FOWL – O Código Eterno – Livro – III – Depois de roubar ouro do povo das favas, arquitetar um plano mirabolante para resgatar seu pai das mãos da Mafia Russa e lutar ao lado de Holly, Potrus e Comandante Raiz na guerra contra os Goblins. Artemis Fowl está de volta em mais uma aventura de tirar o Fôlego. Desta vez, mais malvado do que nunca, ele constrói um supercomputador – O Cubo V – com tecnologia roubada de seus amigos do centro da terra. Com esta invenção, poderá obter informações de todos os satélites do planeta, decodificar sistemas de segurança tidos como inquebráveis, rastrear toda informação transmitida pela Internet e invadir qualquer computador, inclusive do povo das fadas. Artemis como sempre, tem um plano brilhante. Ele não quer usar sua invenção para dominar o mundo, quer apenas chantagear Jon Spiro, um inescrupuloso empresário americano do ramo de tecnologia que tem ligações com a Máfia de Chicago. Artemis exige o pagamento de uma tonelada de ouro em troca de não por no mercado seu supercomputador, o que deixaria todos os produtos de Spiro obsoletos num piscar de olhos. Marcam um encontro num restaurante em Londres, numa região apinhada de turistas. Artemis será escoltado por Butler, seu invencível guarda-costas. O que poderia dar errado? Tudo ! Artemis e Butler caem numa cilada armada por Spiro. O Cubo V é roubado Butler é ferido mortalmente, e não há nada que Artemis possa fazer nesse momento. A não ser esperar: O Cubo V é protegido por um código O Código Eterno que só ele poderá desvendar. Mas Artemis precisa de ajuda para recuperar o supercomputador, e, mais uma vez, a capitão Holly Short vem em seu socorro. Porém, os dois estão sozinhos...



Escrito por Gandalf the Wizard às 13h51
[] [envie esta mensagem]


 
   Flamenco Fire and Grace

Nesta Quinta Feira com cara de Terça Feira, começo com um CD da coleção particular da minha Esposa (Regiane eu te amo)!

Para espantar todas as coisas ruins desses últimos dias, até a chuva que cai hoje em Sampa está contribuindo para o clima e com este CD.

Que a música diga a todos o que se vai nos nossos corações.

Abraço a todos e boa Quinta a vocês amigos!

Faixas em Média Player!

1. Mori Sonando - Miguel De La Bastide 7. Viajero - Miguel De La Bastide
2. Callejon De Las Canteras - Tomatito 8. Chicuelina - Rafael Riqueni
3. Crisol - Enrique Morente 9. Voz De Referencia - Diego Carrasco
4. Buleriando - Moraito 10. Caminillo Viejo - Tomatito
5. Aguita Clara - Rafael Riqueni 11. Tangos De La Plaza - Enrique Morente
6. A mi Hijo Jonatan - El Viejin 12.

Into The Dark - Jesse Cook

 



Escrito por Gandalf the Wizard às 10h01
[] [envie esta mensagem]


 
   Um Feriado!

Como descrever um feriado onde na Segunda dia 11 faleceu o sogro da minha irmã de Porto Seguro, eles vieram no sábado a noite pois o homem já estava internado e ruim!

Meus sentimentos a família do meu cunhado Wagner, dura barra, também passei por isso com o falecimento do meu Pai a tempos atras, a família pode até ter diferenças, mas ali no velório ou na hora do enterro em si todos dão conta que não importam diferenças, opiniões, profissões ou mesmo religião todos somos suscetíveis a uma grande verdade da vida!

Enfim foi triste mas todos iram superar com certeza.

Já dia 12 Terça o meu filho Fernando completou o seu primeiro ano de vida, uns se vão e outros chegam, e a vida continua o seu curso!

Filho não espero ser o melhor pai do mundo, mas tentarei ser o mais presente possível!

E com erros e acertos iremos tentar educar você o melhor possível.

Sua Mãe te ama, seus avós, tias e primos também.

Você é o mais novo membro da família, mas todos amam você!

Tenho muitos exemplos de Pais e filhos a seguir e muitos a não seguir.

Quero mesmo é ter a nossa história a nossa relação boa ou ruim!

Se depender de mim eu sei que é difícil prever, mas será boa com certeza!

Sei que já comecei a forçar a barra com você filho mas perdoe este Pai coruja que fez você assistir a todos o três filmes do Star Wars a série clássica, o tema principal do John Willians chamou a sua atenção tal como o barulho do Light Saber do Luke Skywalker! (Espero que esteja no Sangue! Rsss)

Também ficou ouvindo os papos deste seu Pai com o seu Tio Wagner, de Pescaria passando por Leonardo da Vinci e indo terminar horas depois e Bohemias depois em uma discussão sobre a queda do Balrog nas minas de Mória.

Prometo Fernando fazer o possível e o impossível para ser um bom Pai!

Eu te amo meu filho!



Escrito por Gandalf the Wizard às 11h58
[] [envie esta mensagem]


 
   Stéphane Grappelli

Seguindo da tradição da Quinta Feira do Caos até que hoje ta calmo!

Segue um cd coletânea antiga nem achei foto da capa e nem as faixas para ouvir, mas enfim ótimo som se alguém quiser eu até faço um cópia! rsss

Meu grande amigo Roberto tenho certeza que você irá adorar, pois você que me apresentou o homem.

Abraços

Stéphane Grappelli - The Jazz Masters - Folio Collection

1992 - Stéphane Grappelli - Violin, Phil Woods - Alto Saxophone, Louis Bellson - Drums, John and Marc Fosset - Guitars.

Faixas

01 - All of Me

02 - Star Eyes

03 - Anything Goes

04 - Don´t Blame Me

05 - Moonlight In Vermont

06 - Caravan

07 - It Might As Well Be Spring

08 - Have You Met Miss Jones

09 - Love Song

10 - Sing Hallelujah

Ps: Desculpem não consegui o link pra ouvir as músicas aqui!



Escrito por Gandalf the Wizard às 14h28
[] [envie esta mensagem]


 
   EU OUÇO MÚSICA

EU OUÇO MÚSICA

Eu ouço música como quem apanha chuva:
resignado
e triste
de saber que existe um mundo
do Outro Mundo...

Eu ouço música como quem está morto
e sente

um profundo desconforto
de me verem ainda neste mundo de cá...

Perdoai,
maestros,
meu estranho ar!

Eu ouço música como um anjo doente
que não pode voar.

(Mário Quintana)



Escrito por Gandalf the Wizard às 14h29
[] [envie esta mensagem]


 
   Invasões Barbaras

Invasões Barbaras, Les Invasions Barbares, Canada, 2003

Direção e Roteiro: Denys Arcand

Fazia muito tempo que não assistia a um filme inteligente e emocionante como este simplesmente merecido o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Poucas pessoas não simpatizariam com o carismático Remy que a beira da morte tenta por todos os meios encontrar a paz mesmo tendo dificuldade em aceitar de seu passado, mas ele tem em seu filho Sebastien um grande apoio mesmo este filho sendo ausente como filho ou ele sendo ausente como pai??

O diretor dos brinda com diálogos empolgantes, cenas dolorosas de sensibilidade dos amigos, filho, esposa e até das amantes do grande Remy que tentam fazer dos seus últimos dias os melhores possíveis!

Não tive como não verter lágrimas em lembrar dos últimos dias de meu Pai, ele não estava com câncer como o personagem Remy, mas tal como Remy e seu filho Sebastien também tivemos atritos e mesmo falta de carinho e contato, mas eu o amava e ele também me amava muito, mesmo no fim!

Assistam por favor essencial, marca o cinema na minha opinião! Snif



Escrito por Gandalf the Wizard às 13h09
[] [envie esta mensagem]


 
   Bonsai

"Eterno é tudo aquilo que dura uma fração de segundo mas com tamanha intensidade que se petrifica e nenhuma força jamais o resgata."

(Mário Quintana)



Escrito por Gandalf the Wizard às 13h10
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 

HISTÓRICO
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/10/2006 a 31/10/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005
 01/02/2005 a 28/02/2005
 01/01/2005 a 31/01/2005
 01/12/2004 a 31/12/2004
 01/11/2004 a 30/11/2004
 01/10/2004 a 31/10/2004
 01/09/2004 a 30/09/2004
 01/08/2004 a 31/08/2004
 01/07/2004 a 31/07/2004
 01/06/2004 a 30/06/2004
 01/05/2004 a 31/05/2004
 01/04/2004 a 30/04/2004



OUTROS SITES
 Fada Azul
 Impressões de ontem
 Spoiler - Isto é Cinema!
 Drivein
 Fiteiro
 Vindaloo
 Mais do Mesmo!
 Devaneios da Linda
 Ramses Séc. XXI
 Sabor de Amor
 Nobre Dama Pam
 Um Lindo Sonho
 Colcha de Retalhos
 Fraseando
 Há Controvérsias!!
 Sheherazade
 Opinião Tupiniquim
 Realidade Torta
 Dubalai
 PUB 66